Como diz o Chapolim/Chavez: sigam-me os bons!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Folhagens e flores

Com o passar dos dias, as folhagens e flores integram de forma irremediável o espaço da casa, inclusive se prestando como instrumento de expressões emocionais.


Esse asplênio (acima) foi “recuperado”, quase morreu. Herdei de minha finada mãe (Milda Schirmer Bakalarczyk), por isso cuido dele com muito carinho.


Essa begônia está plantada no jardim, no solo, não num vaso. Ganhei de minha comadre Rose, no ano passado. Pensei que fosse anual, mas ela se renovou, floresceu, parece perene.


O amariles floresceu. Está lindo.


A falsa-érica sempre florida, enfeitando a rampa de acesso à minha garagem.

Amanhã posto mais imagens de flores e folhagens.

sábado, 21 de setembro de 2013

Dois anos na casinha e chuva de pedra...

Ontem foi um dia especial. Duplamente. Primeiro, porque era 20 de setembro, "dia do gaúcho". Segundo, fez dois anos da mudança para a casinha.

Mas o dia reservou um pequeno susto: à noite, chuva de granizo. 

Ainda bem que durou pouco. Vejam que as pedras de gelo, depositadas sobre o gramado em frente à casa, não eram pequenas:


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A primavera se anuncia...

Primavera vem por aí! Minhas orquídeas floresceram!



 A parreira aqui em casa emitiu os primeiros brotos. Depois vêm as flores e, finalmente, as uvas!



A dor das costas não permitiu plantar o hibisco duas bolas no jardim. Vai ficar para amanhã...


Ainda a primavera que chega: laranjeiras (umbiga) e bergamoteiras (pokan) do mini pomar também florescem!




Recent Posts